Pai | Aluno | Login
Início » Conheça o Ensino Fundamental II

Conheça o Ensino Fundamental II

O Ensino Fundamental II de 6º ano ao 9º ano representa um momento de efervescência no processo de construção da identidade do adolescente e um momento rico para o desenvolvimento intelectual, emocional e social do indivíduo.

Repentinamente, as crianças passam por uma evolução e por uma verdadeira ebulição que caracteriza a passagem para a vida adolescente.

Essas mudanças caracterizam uma nova fase, marcada pelos hormônios, transformações no corpo, emoções desencontradas, e, principalmente, por uma nova percepção de mundo, onde cada um passa a ter diferentes modos de ser e de conviver, bombardeados por uma explosão de informações num mundo multimídia em que vive, gerando nesse adolescente uma tensão primordial: “quem sou eu?”.

O grupo passa a ter uma importância substancial, e, entre negações aos antigos ídolos, pais e professores, os amigos vão lhes dando um sentido de pertencer; nessas contradições, a busca é reconhecer-se como indivíduo e como parte de um grupo social com valores próprios.

É a fase do progressivo autoconhecimento e conhecimento do mundo, que fundamentam a construção de sua identidade.

É nesse contexto que o foco do trabalho pedagógico, amparado pelos quatro pilares da educação, onde se propõe o saber a aprender, a ser, a conviver e a fazer, pressupostos de Jacques Delors, tem por objetivo cooperar para que os alunos consigam desenvolver-se no convívio de grupo, com a ajuda e intervenções hábeis dos educadores no ambiente sociomoral cooperativo, para o desenvolvimento de valores de convivência no grupo e da habilidade para resolver conflitos.

É proposto por educadores competentes e comprometido à valorização das relações entre alunos e deles com o conhecimento. Um processo que tem por objetivo torna-los competentes nas diferentes áreas do conhecimento e hábeis na resolução de problemas, utilizando-se dos conteúdos apreendidos e habilidades desenvolvidas.

Num espaço organizado e diversificado de convivência com os pares, valoriza-se o confronto de ideias e as contestações canalizadas para a argumentação e respeito à diversidade.

Deixe o seu Comentário!