A Congregação das Irmãs de São José surgiu na França,no século XVII, na cidade de Le Puy , com as seis primeiras Irmãs: Francisca Eyraud, Claudia Chatel, Margarida Burdier, Ana Chalayer, Ana Vey e Ana  Brun sob a orientação do Pe. João Pedro Médaille e do Bispo Dom Henrique de Maupas. Foi fundadae no dia 15 de outubro de 1.650,e espalhou-se pelo mundo com a missão do “exercício da obras de salvação  e perfeição da misericórdia espiritual e corporal” por intermédio os trabalhos em hospitais, direção da casa de órfãs, visita aos pobres e aos doentes e mesmo na instrução de moças, em plena Revolução Francesa.

Um pequeno grupo da Congregação de São José de Lyon foi enviado em missão à cidade de Chambéry.Tempos depois cresceu, e tornou-se independente, dando início à Congregação Internacional das Irmãs de São José de Chambéry. Dessa cidade, um outro grupo foi enviado ao Brasil, em 1858, para a cidade de Itu (SP), com a finalidade de promover a educação feminina. Posteriormente expande suas ações em outras cidades do estado de SP, nas áreas social, da saúde e da educação. Eram 7 Irmãs, mas uma veio a falecer sendo sepultada no mar. Na segunda viagem, em 1859, chega Irmã Madre Maria Teodora Voiron, que com apenas 24 anos de idade fica responsável pela missão da Irmãs no Brasil, exercendo seu cargo por 60 anos.

Muito humana, Madre Maria Teodora enfrentou barreiras e preconceitos da sociedade, numa época em que reinava a escravidão negra no Brasil. Junto ao Colégio Nossa Senhora do Patrocínio, ela ousou abrir a primeira escola para meninas negras, filhas de escravas.

Em 1.911, Madre Maria Teodora Voiron, junto a um grupo de Irmãs, funda a Associação de Instrução Popular e Beneficência -SIPEB, dando uma estrutura jurídica a todas as Unidades criadas naquele momento. Em 1.925, falece, em Itu, com fama de santidade. O povo começa venerá-la e a pedir-lhe graças. Ainda hoje seu túmulo é muito visitado, e um processo de beatificação está em processo, dando-lhe o título de Venerável.

Irmãs de São José no Brasil

Atualmente, no Brasil, há comunidades das irmãs de São José de norte a sul, de leste a oeste:

Irmãs de São José de Chambéry – Estão em São Paulo desde 1.858, no paraná desde 1.896 e no Rio Grande do Sul, desde 1.898. Atualmente organizadas numa única Província das irmãs de São José de Chambéry no Brasil.

  • Irmãs de São José de Concórdia – no Piauí desde 1.963
  • Irmãs de São José de Rochester – em Goiás desde 1.964
  • Irmãs de São José de Pinerolo – na Bahia desde 1.971
  • Irmãs de São José de Cúneo – no paraná e Rio de Janeiro desde 1.972
  • Irmãs de São José de Novara – na Bahia desde 1.979

1.UNIDADES DE EDUCAÇÃO BÁSICA
Colégios Particulares de Educação Básica:

  • Colégio Santana – São Paulo – fundado em 18/12/1892
  • Colégio São José – Santos – fundado em 01/02/1924

Escolas Filantrópicas de Educação Básica:

  • Escola Filantrópica Ir. Maria Bernadette Leme Monteiro – SP desde  02/1961
  • Escola Filantrópica Tabor – São Paulo – fundada em 02/1992

Escola Técnica de Nível Médio:

  • Escola de Enfermagem São José – São Paulo – fundada em 05/03/1945

2. UNIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL
Centro de Capacitação Profissional

  • Centro de Educação São José – São Paulo – desde 01/04/1997

Centros de Educação Complementar:

  • Centro Promocional Madre Teodora – Itu/SP- desde 11/1963
  • Centro Promocional São José – Jaú/SP- desde 03/02/1967
  • Centro Prom. Nossa Senhora de Lourdes – Franca/SP- desde 03/02/1967

Projetos Socioeducativos de Apoio à Aprendizagem

  • Projeto Pense e Faça – 6 Escolas Públicas – desde 01/09/2008
  • Projeto Irmã Marta Alexandra – 1 comunidade – desde 2014

Centro de Atividades na Área de Saúde e Geriatria

  • Casa de Repouso São José – Taboão da Serra/SP- desde 03/02/1967

3. UNIDADES ADMINISTRATIVAS E PASTORAIS

  • Casa de Retiros, Encontros e Sede Oficial da Associação SIPEB – Itu/SP- desde 1858
  • Unidade de Gestão e Desenvolvimento –  São Paulo/SP- desde 25/07/2005

Treze Centros Sociocomunitários de ação Pastoral e Social – desde 25/07/2005