47.116 BENEFICIÁRIOS

O Centro Promocional Nossa Senhora de Lourdes – CEPROL,  uma unidade da Associação de Instrução Popular Brasileira – SIPEB, um   Projeto de extensão escolar  voltado para crianças de 06 a 10 anos e 11 meses, tendo como foco a melhoria no índice de desenvolvimento educacional e no combate à vulnerabilidade social, levando em consideração a concepção de educação mais ampla, que compreende formar os educando de modo a atender diversas habilidades, competências e conhecimentos exigidos num mundo contemporâneo.

CEBAS

Ser reconhecido como ambiente inovador, que favorece a geração de talentos, comprometido com a transformação social.

Facilitar aos educandos a descoberta e o desenvolvimento de seus talentos, através de uma complementação educacional empreendedora e transformadora.

No dia 31 de outubro de 1888, um grupo de Irmãs de São José acompanhadas pela Superiora Provincial Madre Theodora Voiron chegaram a cidade de Franca, dando início a fundação do colégio Nossa Senhora de Lourdes.

Em frente ao Colégio, no ano 1890, foi fundado o Externato São José, num prédio doado pelos fundadores, major Claudiano Ferreira Martins e sua esposa D. Mariana Ferreira Martins, onde as alunas recebiam ensino gratuito.

Em 1967, teve início o centro Promocional Nossa Senhora de Lourdes – CEPROL, como trabalho social.

O CEPROL é um ambiente educativo, estimulador de talentos, que enfoca a formação integral e o desenvolvimento da capacidade de cada criança.

Atua na complementação educacional, sem utilizar o formato escolar, busca ser um espaço de convivência que propicia às crianças o aprimoramento de suas habilidades e a maximização do potencial de se tornarem mais reflexivas e bem sucedidas. Procuramos superar as situações de vulnerabilidade fortalecendo autonomia, o desenvolvimento da consciência, a expansão do conhecimento, através de brincadeiras, esportes, complementação pedagógica, artes, tecnologia digitais, lazer e experiências, tanto no espaço interno como no externo, que fortalecem os educando a enfrentarem situações difíceis e exercendo seu preparo para a cidadania.

A metodologia do Centro Promocional Nossa Senhora de Lourdes-CEPROL tem duas importantes referencias teóricas, que dão suporte ao desenvolvimento de nosso trabalho, que são Os quatro Pilares da Educação de Jacques Delors (Aprender a Ser, Aprender a Conviver, Aprender a Fazer e Aprender a Conhecer) e os Códigos da Modernidade de Bernardo Toro que sintetizou capacidades mínimas para se trabalhar e viver no século XXI.

Como:

  • Domínio da leitura e da escrita.
  • Capacidade de fazer cálculo e de resolver problemas.
  • Capacidade de analisar, sintetizar e interpretar dados, fatos e situações.
  • Capacidade de compreender e atuar em seu entorno social
  • Receber criticamente os meios de comunicação.
  • Capacidade para localizar, acessar e usar melhor a informação acumulada.
  • Capacidade de planejar, trabalhar e decidir em grupo.
  • Capacidade para lidar com novas tecnologias

Proposta Pedagógica

Aprender a ser
Destacar a importância do desenvolvimento da autonomia. Para que isso ocorra é necessário que a criança vivencie descobertas referentes e suas emoções, sua personalidade, suas potencialidades e dificuldades, o que possibilitará uma visão confiante do futuro.

Aprender a conviver
Oferecer estímulos para que as crianças desenvolvam competências relacionais, cultivando formas de convívio saudáveis, permeadas por valores como reconhecimento do outro, respeito à diversidade, interação, solidariedade e cooperação.

Aprender a conhecer
Envolver as crianças em um processo de descoberta, pelo qual serão estimuladas a “aprender a aprender”, apropriando-se dos instrumentos do conhecimento.

Aprender a fazer
Aprender a compreender o contexto no qual está inserido e agir ativamente sobre ele envolvem a criatividade, capacidade de fazer escolhas e pensar criticamente, levando-se em consideração o bem comum.

Projetos Boas Maneiras, Higiene e Saúde e Pacto de Convivência:
Projeto têm como finalidade no inicio do ano orientar os alunos de como se portarem em situações que exijam deles uma relação harmoniosa com o grupo e o respeito às diferenças, possibilitando o desenvolvimento das ações, utilizando várias atividades e materiais para a construção da autonomia, cidadania, compreensão de combinados, regras e convenções.

Arte de Brincar com o Próprio Corpo: Capoeira:
Oficina que abordará a cultura afro-brasileira contextualizando sobre a história da capoeira e sua relação com a formação da identidade do povo brasileiro. Iniciação na prática da capoeira como, treinamento específico, estratégia de jogo, aula de percussão, rodas de capoeira em apresentações de espaços públicos e encontros com as famílias, resgate de manifestações afro-brasileiras como Maculelê, Samba de Roda e Puxada de Rede no intuito de que a criança através destas atividades se sinta cada vez mais pertencente ao seu meio social.

Mente Criativa:
Oficina tem como atividade principal o desenvolvimento de habilidades por meio de métodos, jogos de raciocínio e a mediação do educador seguindo os passos que preza o desenvolvimento e a capacidade de pensar de cada criança, incluindo a habilidade de planejar, tomar decisões, resolver problemas, utilizar à lógica, aprimorar a memória e desenvolver o pensamento criativo, fortalecendo através dos jogos as habilidades cognitivas, emocionais, sociais e éticas.

Artesanato:
Atividades artesanais como, pintura em tela e pano de prato, bordados, marchetaria e tapeçaria. Esta oficina desenvolverá o senso estético das crianças, a coordenação motora fina, o gosto por técnicas utilizando agulhas, tintas, pincéis e outros materiais necessários a sua realização.

Educação Tecnológica Informatizando o Saber-Tecnologias Digitais:
Esta oficina utiliza como apoio complementar na realização das demais oficinas, servindo como instrumento de pesquisa, participação em fóruns, elaboração de trabalhos impresso realizado pelos educandos e utilização da Apostila Informática Educacional, com aulas práticas, utilizando jogos educativos, interação com jogos de raciocínio e orientação para a gestão de resultados.

Brincando com as palavras:
Oficina que objetiva contribuir para formação do cidadão que cada vez mais precisará ter um domínio maior do ouvir e falar. O objetivo desta oficina é criar vínculos afetivos, transmitir valores, estimular a aprendizagem e desenvolver a imaginação através de rodas de conversa, contação de histórias, promover a leitura, cultura, criticidade e participação efetiva na sociedade, através de passeios a lugares públicos, cinemas, parques, teatros entre outros.

A Arte de Pensar:
A proposta da oficina é que as crianças desenvolvam seus próprios métodos e estratégias para resolver problemas e desafios através dos jogos educativos, recreativos e esportivos. A oficina utiliza como ponto de partida o acompanhamento das crianças em situações que ela apresente dificuldades de aprendizagem, oferecendo diversas atividades em que ela possa desenvolver as habilidades esperadas, exercitando a capacidade de pensar e superar desafios. Os jogos serão utilizados como estratégias para resolver situações de conflito no dia a dia do grupo.

Brinquedos e Brincadeiras- Recreação Dirigida:
A oficina tem como finalidade proporcionar atividades psicomotoras, jogos cooperativos e atividades onde as crianças aprenderão a respeitar regras, dividir espaço e tempo das atividades, dialogar com os amigos e a cuidarem de si e do outro.

Hora da Brincadeira – Recreação Livre:
A recreação livre é o momento de a criança partilhar com os amigos a imaginação, criatividade, brinquedos, possibilitando assim seu desenvolvimento em situações que propiciem horas de descontração e contentamento, essencial a qualquer criança saudável. Para que este momento do brincar seja o mais prazeroso possível o educador acompanhará as crianças nos espaços existentes como a brinquedoteca, quadra, varanda e parquinho.

Artes e Sustentabilidade:
Nas oficinas de artes e sustentabilidade as crianças irão descobrir que suas mãos e com materiais reciclados elas podem utilizar várias técnicas para transformar objetos que iriam para o lixo em brinquedos, embalagens e o que mais a imaginação e criatividade criarem. Também irão conhecer um pouco da história de pintores, músicos, fotógrafos etc. A oficina de arte também desenvolverá atividades de teatro e danças.

Orientação de estudos:
Orientar significa acompanhar para que o/a aluno/a adquira responsabilidade pelo seu aprender, desenvolvendo métodos e hábitos de estudar e atitudes que o auxiliem na superação de suas dificuldades.

No caso de uma criança trazer uma dúvida escolar, o educador poderá até tirar algumas dúvidas se estiver seguro para isso, e é importante estar claro que essa atividade não é um reforço escolar e sim orientação.

O educador atua como mediador/a neste momento e deve organizar a sala de modo a facilitar a orientação, ora reunindo crianças de uma mesma série com tarefas comuns, ora aproximando uma criança que tem mais facilidade com outra que tem mais dificuldade, etc.

O educador orienta adequadamente quanto à elaboração de pesquisas e trabalhos escolares, assim como deverá conciliar o volume de lição de casa escolar com as atividades realizadas pelo programa.

É o educador que esclarece a família e o/a aluno/a sobre esse momento e sobre a importância de levar o material da escola para o Programa.

Núcleo City Petrópolis( Avenida São Pedro nº 1000 – City Petrópolis) e Núcleo Ângela Rosa( Avenida Elisa Verzola Gosuen,nº  2436- Jardim Ângela Rosa) que desenvolve o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, tem convênio com a Secretaria de Ação Social

Bimestralmente são realizadas reuniões com as famílias que têm a oportunidade de acompanhar o desenvolvimento e comportamento de seus filhos e também e as atividades desenvolvidas. Tem ainda a oportunidade de estar conversando individual com os colaboradores, num clima de escuta, reflexão e partilha. As famílias participam das apresentações das crianças, confraternização, palestras e festas, sempre com o objetivo de fortalecer os vínculos Entidade e famílias.

Galeria de Fotos

Formulário de Contato

Assunto:

Funcionamento:

O Serviço atende em períodos contrários a escolas (manhã e tarde), de segundas a sextas-feiras, quatro horas diárias.

Os horários de funcionamentos são:

Manhã – Entrada das 07h00min às 07h15min / Saída das 11h00min às 11h30min.

Tarde – Entrada das 11h30min às 12h40min / Saída das 16h30min às 17h00min.

Centro Promocional São José
Rua Major Claudiano, 1501 – Franca – SP
Tel: (16) 3722-3260

Doação Conta

Banco 341 – Agência 0155 C/C 52505-5

Galeria de fotos

Depoimentos